segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Joãozinho de verdade


Até hoje eu só conhecia as anedotas do “Joãozinho” de ouvir o povo me contar e nunca as imaginei acontecendo na vida real. Tenho uma amiga pedagoga, cujo nome eu prefiro não revelar, que me contou uma história no mínimo inusitada. Eis que um dia estava ela num dos colégios que trabalha, exercendo a função de coordenadora, e uma professora da turma do segundo ano do nível médio entra em sua sala desesperada:
- Coordenadora, eu preciso de ajuda!
- O que foi que houve professora?
- É que tem um aluno na sala que está me tirando do sério, perturbando demais!

Como era de sua responsabilidade conter os ânimos dos mais exaltados, a minha amiga seguiu até a sala, onde proferiu para todos um breve discurso sobre “o papel da escola, o objetivo deles estarem ali, o valor do suor dos pais empenhado nas mensalidades, etc...” Depois de quase meia hora, voltou-se especificamente ao aluno bagunceiro que estava sentado no fundo da sala e perguntou-lhe enfática:

- Meu querido, o que você quer da sua vida?

“- EU QUERO HIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIILTON, 50, NA CAPITAL DA RESISTÊNCIA...”
Respondeu o safado em tom de sarcasmo, cantarolando a musiquinha infame do candidato do PSOL à prefeitura da capital baiana! Resultado: TODO MUNDO PIPOCOU-SE A RIR! (Exceto a minha amiga, claro, que para não dar ousadia ao safado só foi rir quando pode se trancar de volta na sala da coordenação e é claro, quando me contou essa história!).
Danival

3 comentários:

Marta Reis disse...

Danival, meu amigo você é ótimo!!!
Mais o texto mais uma vez me fez rir até chorar....rsrs
Imaginei a cena e ela se tornou mais hilária, se outra pessoa me contasse a mesma história acho que não teria a mesma graça...

Parabéns meu querido.

Marta Reis

carlos santos disse...

meu filho, diria assim alguem mis velho kkkk
danival,nao fiqtanto tempo sem nos brindar com suas sacadas.
vc é demais..

Anônimo disse...

velho, vamos mobilizar a galera com relação ao transporte, isso não pode ficar assim, temos que mostrar que temos voz!!!!

um abraço

Flávio Barreto
(Baby)